Minha foto
+55 11 981058611 - lucaspupo@gmail.com : Fotografia e Cinematografia Subaquatica; Projetos Underwater e Equipamentos.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Boticario Quasar Surf



Produtora muito bacana de trabalhar, gente que entende de fazer filme, com dedicação e respeito.
Obrigado Paula Monteiro e toda a equipe da Barry Company. Linda finalização comandada por Ale Cois. Valeu Fepa Hellmeister, diretor de cena com belíssimo olhar sensível. Fotografar para fotografo é sempre um desafio! Obrigado pela oportunidade!

segunda-feira, 10 de abril de 2017

O Caseiro, de Julio Santi



Hoje, dia 10 de abril 2017, na Cinemateca Brasileira de Sao Paulo

Largo Senador Raul Cardoso, 207 Vila Clementino  as 20 horas!!! 

Exibição gratuita do filmasso que tive a honra de colaborar.  Após a sessão, debate com a presença do Diretor  Julio Santi e Uli Burtin, ABC  Diretor de Fotografia. Encontro mediado por Marcelo Corpanni, ABC 

SINOPSE: 
Um professor de psicologia cético viaja a uma cidade do interior para investigar um homem que acredita que o fantasma do antigo caseiro da propriedade está assombrando a sua filha de seis anos.

VISITE O SITE DA PRODUTORA URANO FILMES
Diretor: Julio Santi
Produtora: Rita Buzzar
Produtor: Rodrigo Teixeira
Produtores Executivos: Marcio Oliveira, João Segall e Rita Buzzar
Roteiro: João Segall e Julio Santi
Direção de Produção: Jair Neto
Diretor de Fotografia: Uli Burtin, ABC
Diretora de Arte: Adriana Faria
Figurino: Fernanda Kenan
Som Direto e Edição de Som: Leo Ciotti
Mixagem: Pedro Noizyman
Edição: Helio Vilela Nunes
Efeitos: Martão
Operação de Camera na Água: Lucas G. Pupo

Na Semana ABC 2013 fui procurado por um senhor muito simpático e educado, com voz calma e falar aconchegante, fui ficando interessado pelo assunto que ele me questionava tecnicamente sobre filmagem na água. Ele filmaria em breve uma cena de terror, numa lagoa, com um barco pegando fogo, uma criança, de noite e precisaria da minha ajuda. Cinema é apaixonante. Os propósitos finais da construção de cena, não meramente estéticos mas fundamentalmente narrativos fazem o trabalho coletivo uma tarefa desafiadora e empolgante.

A cena que participo é pequena mas muito densa. A água na madrugada de Jarinu, interior de Sao Paulo estava em torno de 12 graus Celsius. Nessa noite, minha roupa de mergulho seca, usada, que havia custado 2 mil reais na liquidação e encostada a mais de ano sem uso, empoeirada, definitivamente se pagou. 

O maior retorno desse projeto foi sem duvida ter o privilegio de ouvir a voz de comando do maestro da Sétima Arte, Sir Uli Burtim, aquele senhor de olhar apaixonante e conhecedor profundo do oficio, a direção de fotografia. Já filmei com inúmeros DoPs, mas em nenhum ví tamanha delicadeza, difícil ate de explicar em palavras. É incrível o poder de pré visualizar, planejar e executar com aquilo que se tem em mãos. Não sei se no filme inteiro foi assim, mas naquela cena, aquela luz, naquela situação... foi uma honra. Obrigado. 











terça-feira, 14 de março de 2017

Petrobras Desafios


PETROBRAS Oficial from lucaspupo on Vimeo.


Tem Projetos que são desafios. Desafios técnicos, desafios de fotografia, desafios físicos, conceituais e artísticos. Desafios burocráticos.  Esse foi um desafio pra entender o Ser Humano, principalmente quando se trata de responsabilidade e profissionalismo. Tenho saudades de como se produzia filmes no começo do século.

Uma coisa é quando te chamam e precisam de você, simpáticos e amorosos, até então somos um time. Ai você dá o sangue, conduz em Interlagos só com a terceira marcha.  Ajuda e se coloca em risco. A outra coisa é depois que você já fez. Se tiver tido problemas então, ai é que fica fácil distinguir as pessoas. US$ 1600 de prejuízo é uma conta que eu pago pra aprender.

O meu tá feito, durmo tranquilo.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Malasartes e o Duelo Contra a Morte, O2 Filmes




Filme de Paulo Morelli. Foi uma honra, e um lindo presente, me dar a sequencia de transição da água para tocar sozinho no Set sob suas orientações.  Obrigado Adrian Teijido pela confiança! LiquidoPhoto feliz em fazer cinemão!

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Guaraná Maracuja

ICONOSCLAST + ALASKAS
Voa Biel!!

Itaipava Bóia

Filmar pensando pra Pós Produção trabalhar em cima com composição, montagem e peripécias diversas é difícil... mas eu adoro. Saigon Filmes, Dois.

Itaipava ONDA




Sou fã desses caras, desses diretores, os Dois, e dessa Produtora. Saigon Filmes.

Esse job deu trabalho! Obrigado Fê Oliveira, Diretor de Fotografia e Carol Pessini Produtora Executiva. Admiracão por vocês, que trabalheira, ficou divertidíssimo, campanha ousada!
Filmamos de Alexa, Red, vichiiii, obrigado pela estrutura. 

Verão Skol




Mais um filme gostoso de fazer, super bem produzido pela Alice Filmes, Direção de Produção da sempre parceira e competente Luciana Oppido e sua equipe nota 10. Fotografia mestre de Pierre Kerchove e uma pá de nêgo bom!
Piscina querida do Clube Juventos, Camera RED Dragon na bazuca Gates com vidros anamorficos... 
Tio Chiosi foi pra dentro dàgua cuidar do produto e mestre gaffer Anizinho, mandando um Par 64 pra dentro da água pra iluminar a garrafa,  kkkk... só mágico conhecedor que usa esse truque! Respect irmão!   

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Peugeot


PEUGEOT | NADADORA | BETC SP from Marcello Lima on Vimeo.

Palavras do Diretor em seu Facebook
"A turma da BETC SÃO PAULO me concedeu o privilégio de fazer dois filmes para a PEUGEOT. // Esse é o segundo filme - Nadadora.
E eu tenho muito a agradecer esse povo todo que esteve envolvido nesse super projeto.
Obrigado Erh Ray Daniel Schiavon Teteu Savioli Rodolfo Barreto Gustavo Guives Leal Nathalie Lourenço Joanna Alencar e mais todos os amigos da BETC SP.
Meu broder Juliano Storchi com sua Dopo e o Marco Prado que debulharam no VFX. Felipe Dreher Hansen
E a todos meu colegas e equipe da Honey Bunny Films
Breno Castro Gabi F. Bittencourt Thiago Balma Silvia Calza Bruno Arneiro Amanda Rossi Raul Barros.
Minha fiel companheira Renata Jobim que trouxe a super nadadora Mila Vieira. Filippi Mazutti
Mestre Lito Mendes Da Rocha, Carol Ozzi
Marina Conde Assumpcao Pupo Nogueira
Guzula Claudino Soares Pires Alexandre Rocha
Guga Saraiva Rami D'Aguiar Lucas Gaspar Pupo
Serginho Rezende e todo o time da Comando S. Elis Pedroso Elisa Vitale que fizeram essa trilha foda"




quinta-feira, 11 de agosto de 2016

NISSAN Rio 2016

Esse filme é um dos meus preferidos. Há muito tempo eu estava atras de um trabalho que demandasse o casamento entre imagens em pós, que exigisse iluminação, eixo, perspectiva e tudo mais que é necessário para dar match. Obrigado Ale Ermel, que além das cenas de água, confiou a mim a segunda unidade de fotografia. Super Landia. Direção de Augustin, phodastico hermano!







quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Saigon 2 Bradesco

Saigon Filmes é uma produtora a quem devo enorme respeito, pela empresa e pelos profissionais.
Coordenacao de Carol Pessini
Direcao de DOIS
Fotografia do super power DoP, maestro humilde e fodastico Fernando Oliveira.
Operação Subaquática Lucas Pupo/Liquidophoto








Ana Marcela Cunha Rio 2016



Produtora de Filme: Vapt Filmes
Direção: Rafael Soares
Direção de Fotografia: Thiago Cauduro
para mais informações CLUBE DE CRIAÇÃO DE SAO PAULO

Alguns projetos são deliciosos de fazer. Esse, por vários motivos, mas principalmente por ter conhecido uma equipe especialmente gente fina e fácil de trabalhar. Rafael Soares, Thiago Cauduro, Vanessa Galvao e a super equipe da Vapt Filmes que é divertidíssima e super profissa!





Ana Marcela EF Englishtown




Filme dirigido pelo talentoso Lucas Fazzio, Fotografado pelo brother Antonio Brasiliano e operado pela equipe da LiquidoPhoto; o próprio Antonio e eu (Lucas Pupo) na camera, Thiago Guirado, Daniel Oliveira (assistentes) e no jetski Adriano Tiga. Produção da Dinamo conduzida pela querida Bel Coutinho.

Esse é um trabalho para nunca esquecer. Além do filme lindo que ficou, um fato marca esse projeto. Tivemos um acidente, onde alagamos um monitor TVlogic e um transmissor TeraDek. O prejuízo foi sanado e o equipamento reposto para a locadora, mas a lição fica tatuada na testa de todos.

Acidentes acontecem quando fatores de vacilo acontecem em sequencia. Tem dias que acordamos mais cansados, incomodados com coisas que nem muito consciente estão... e é nesse momento que o problema vem a tona. Pra mim isso é derrota mas faz parte do jogo, já sei que isso iria acontecer um dia e sei que acontecerá novamente, é um risco inerente a profissão. Cabe trabalharmos e observarmos as experiências para postergar ao máximo um eventual próximo momento!





Nissan Kicks / Landia

Uma sequencia aparentemente fácil, mas muito difícil, especialmente por conta do posicionamento de camera junto ao corpo do atleta (ator). Pode até parecer simples mas isso só foi possível por uma maquinaria bem planejada e testada com antecedência. Camera Dragon com lente 16mm Canon. 

Obrigado Dop Charles Ritter, mais um hermano gente fina, querido e bom pra caráio! 
Camila Bastos, Gi Castilho e super elenco de produção estilo Landia! Power! 

Equipe Liquidophoto na água com Thiago Guirado e Caue Ito. 






sexta-feira, 22 de julho de 2016

STINK FORD




Produção Stink SP
Coordenacao de Produção; Paula Macedo
Direção de Produção; Monica Viese
Direção de Cena; Jones + Tino
Fotografia; Douglas e Lucas
Filmagem na Água; Equipe LiquidoPhoto. Coordenação Lucas Pupo. Antonio Brasiliano, Operador de Camera. Thiago Guirado, Assistencia de Plataforma. Marlon Morais, Mergulhador de Apoio. Pedro Abreu, Estagiário.

Muito feliz em ver o resultado de um projeto em que a LiquidoPhoto foi e fez, mesmo na minha ausência na diária de filmagem e no comando do brinquedo. 

A alguns anos tenho treinado e tentado ensinar meus assistentes como filmar na água do jeito que eu mesmo faria e isso é muitíssimo complicado. Alguns fotógrafos não mergulham, outros mergulham e não fotografam... quando sabem os dois, falta planejamento ou produção ou narrativas...viiiichi é um processo vasto.  Mas esse filme é uma pequena prova do sucesso desse projeto. Aos poucos alguns resultados vão aparecendo. Mesmo muitos me aconselhando e dizendo que eu corro o risco de perder meus assistentes, tornando-os competentes concorrentes, eu ainda insisto em ensina-los. O futuro à Netuno pertence e cada qual tem sua vida, só Yemanja sabe se terão consciência. Tive mestres que me ensinaram sem pudor, sem restrição do conhecimento... e a eles devo minha ética.  Talvez "meus mulekes" nem vejam o grande esforço que é delegar o bastão; talvez não vejam o que esta nos  bastidores; talvez eles realmente queiram seguir o caminho da concorrência e/ou da auto promoção nesse nosso mundo tão self-prometed; ou talvez não! 

O fato é que insisto na minha utópica tentativa de gerar um time impecável, incomparável e que possa prestar um serviço tão capacitado de filmagem em água a ponto de gerar filmes fieis e surpreendentes aos anseios dos contratantes, produtoras, diretores, DoPs, fotógrafos. Cada projeto tem um DNA.  Da mais simples solução ao mais complexo planejamento. A gente pode até ser um bom operador, assistente, mergulhador, fotografo... mas pra filmar na água é preciso bem mais do que um simples equipamento.

Parabens mulekada, mandaram muito!!!







Valeu pelas fotos Pedro Abreu! 


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Medina Galaxy Surf





Não tem nem o que falar. Tem sim... Todo processo de produção de um filme que envolva agua é literalmente um parto. A ÁGUA, na simbologia de varias religiões e crenças, do oriente ao ocidente, significa a VIDA, fertilidade, paz e purificação. Para os Egípcios, NUM, o Deus criador, advindo da água, era a própria MORTE, o medo e a destruição. Negociar equipe, propor equipamentos, definir lentes, discutir enquadramentos, tomar consciencia da narrativa, discutir com a direção, prever os horários de onda, brigar pelos horários de Luz, organizar o método de produção, escalar o time e partir pro ataque, sao tarefas fundamentais. Se um pequeno item passar batido, todo seu trabalho será contaminado por esse vacilo. Depois de alguns projetos com características semelhantes, como filmar de forma diferente? Como imprimir uma nova narrativa? Como propor uma nova estética? Isso só é possível quando fazemos um trabalho encomendado como se fosse nosso. Eu ainda lido de forma emocional, eu brigo até com o espelho para defender o filme! Levantar cedo, olhar pro mar e entrar na agua fria e de ondas fortes antes do Sol nascer não é simples. Maior que a natural preguiça do corpo, o medo de falhar. Do mar, a gente vê toda aquela estrutura de meses de trabalho em suas mãos. Uma equipe inteira esperando sua ação. A pressão é grande. Esse filme só nasceu por conta de todos que ali se dedicaram. Incrível a participação da Leo Burnett Tailor Made e seu time. Carol Pessini, Coordenadora de Produção da Saigon Filmes, obrigado pelo respeito e desculpe minhas frustrações, é difícil servir comida rara. Rafa Carvalho, diretora cuidadosa, sabia bem onde tava pisando. Velho parceiro Will, que fotografia mano brown...quebramo a banca!

 Diretora casca grossa cai pra água. Rafaela Carvalho


 Nao tem onda? Alemão, põe o muleke pra voar.
Um pequeno detalhe de um dos equipamentos mais sofisticados do projeto. O pioneiro video link de surf. Liquido Helmet Video Link. Criação e construção nossa, não existe outro nesse planeta.


quinta-feira, 14 de abril de 2016

Samsung, Ian Ruschel


SAMSUNG I'll Be There DC from Ian Ruschel on Vimeo.

Equipe Iconoclast SP. Fotografia sensacional de Adolpho Veloso. Condução impecável de Ian Ruschel, produção complexa por Raul Barros e as gatíssimas, simpáticas e ultra profissionais Bia e Branca, atletas do nado sincronizado. Lucas Pupo na fotografia sub, equipe LiquidoPhoto.

RedDragon na água, com Housing Gates e lentes Kowa Anamorficas.   

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Coca Cola China

Uma das melhores experiencias profissionais é o simples reconhecimento do trabalho. Viajar pra China e filmar em Xanghai com a top nadadora olimpica Ye, medalista de ouro, por 10 dias para um TVC de Coca Cola totalmente gringo é a parte menos importante dessa jornada de responsabilidade. Pra mim, o grande lucro desse projeto é o reconhecimento dos servicos prestado e pelo trabalho duro que a LiquidoPhoto vem desenvolvendo. O projeto nada tinha a ver com o Brazil, mas mesmo assim o diretor Jonathan Gurvit fez questao de nossa expertise como UwDoP (underwater director of photography) e mandou nos chamar para essa empreitada do outro lado do mundo!  

One of the best professional experiences is the simple recognition of the work. Travel to China and shoot in Xanghai with top olympic swimmer Ye, gold medalist for 10 days to a whole gringo Coca Cola TVC is the least important part of this journey of responsibility. For me, the great profit of this project is the recognition of services rendered and the hard work that has been developing LiquidoPhoto. The project had nothing to do with Brazil, yet the director Jonathan Gurvit did matter of our expertise as UwDoP (underwater director of photography) and sent us to this task across the world!

Fixing mirrors to bounce light from ground to surface direction
Once into the water, we must engage everyone else to fell comfortable, so the shooting can last, and go on.  
Crane and housing are like cousins that need meet each other. A very though combination.
HowMov Underwater Studio entrance. One day I will have my own underwater studio. 
Director Jonathan Gurvit looking at poll. I wonder what is he thinking about! 
Yes, first project with the new Arri Alexa Mini. 
I wonder if my Chinese camera crew has understood me! Yes, they did. Great people. 
Hermano Jonathan Gurvit, fuckin talented Argentinian director 

For each scene I like to draw at least a starting point regarding lights, grip and support.


Shoot on Arri Mini, Cooke S4